Bolsonaro: “Houve ato criminoso do governador do Rio de Janeiro”

Ao comentar o registro de entrada de seu condomínio, Jair Bolsonaro acusou Wilson Witzel de ter cometido um crime:

“Houve ato criminoso do governador do Rio de Janeiro, que tem intenções políticas, mas como não tem competência para aparecer no Brasil acaba atacando o atual presidente da república.”

Comente

%d blogueiros gostam disto: