É grave a crise: Prefeitura de Campos diz em reunião com MP que não há certeza quanto ao pagamento dos servidores

A situação financeira da Prefeitura de Campos dos Goytacazes é crítica.

Em reunião na última semana entre representantes da Prefeitura e Hospitais Filantrópicos no Ministério Público, foi relatado pelo procurador e pelo secretário de Fazenda a situação financeira do município. Entre as justificativas para não apresentar um cronograma de pagamento aos hospitais, os representantes informaram que estão pagando parcialmente as faturas de serviços mais relevantes e que não há certeza quanto ao pagamento do salário de outubro dos servidores.

“que o município está em grave crise financeira; que está pagamento às sociedades empresárias e entidades que prestam os serviços mais relevantes, como os contratualizados, a coleta de lixo e a prestadora de serviços de Home Care (Edcare); que está pagamento parcialmente as faturas; que os servidores comissionados estão sem pagamento há dois meses; que não há certeza quanto ao pagamento do salário de outubro para os servidores estatutários;”

Pelo calendário oficial o pagamento dos servidores deveria ocorrer até quinta-feira (31), mas foi alterado para o quinto dia útil do mês seguinte. Mas a prefeitura pode pagar antes caso tenha recursos em caixa até a data limite.

Confira a Ata de Reunião:

Comente

%d blogueiros gostam disto: