Cabral: “O escritório de Regis ganhou mais de uma dezena de milhões de reais ilicitamente na questão do Porto de Açu”

Eike Batista vai voltar para a cadeia, depois do depoimento de Sergio Cabral. O ex-governador ‘arrependido’ contou ao juiz Marcelo Bretas detalhes da relação com o especulador.

Segundo Cabral, Regis Fichtner, preso pela Lava Jato, era quem “cuidava dos interesses da EBX” no governo.

“O escritório de Regis ganhou mais de uma dezena de milhões de reais ilicitamente na questão do Porto de Açu”, disse, prometendo entregar mais detalhes em breve.

Os generosos repasses de Eike, nas palavras de Cabral, também serviam a causas filantrópicas, como uma doação de R$ 30 milhões ao hospital Pro Criança Cardíaca.

Trecho do depoimento:

Fonte: O Antagonista

Comente

%d blogueiros gostam disto: