14/06/2024
Polícia

Ataque a tiros em festa tem dois mortos, um deles PM, e vários feridos

Duas pessoas foram mortas e outras sete ficaram feridas, na noite deste domingo (23), durante um ataque a tiros em uma festa no Riachuelo Esporte Clube, em Paraíba do Sul, no interior Fluminense. Entre os mortos, está um policial militar que estava de folga na ocasião.

O agente foi identificado como o sargento George Rodrigo Mendes, de 44 anos. Ele era lotado no 38º BPM (Três Rios) e estava na corporação desde o ano de 2000. George deixa dois filhos.

A segunda vítima é Robert Luiz Diniz, de 34 anos, morador de Três Rios, que também morreu no local. As outras sete vítimas baleadas, ainda não identificadas, foram socorridas e encaminhadas para unidades de saúde da região.

O evento tinha como atrações, segundo testemunhas, artistas de funk e pagode e havia começado às 16h. Ao anoitecer, já às 22h, houve o tiroteio no interior do clube. O suspeito fugiu após os disparos.

Três homens e uma mulher foram socorridos para o Hospital das Clínicas Nossa Senhora da Conceição, em Três Rios. Os outros três feridos, dois homens e uma mulher, foram levados para o Hospital Nossa Senhora da Piedade, em Paraíba do Sul. As unidades de saúde foram procuradas, mas alegaram que não estão autorizadas a divulgar o estado de saúde dos pacientes.

Vídeos mostram George e Robert caídos no chão após serem atingidos pelos disparos. Testemunhas dizem os dois não chegaram a ser socorridos, pois morreram na hora. Segundo eles, um homem teria feito os disparos contra o PM, mas acabou acertando outras pessoas.

As testemunhas dizem ainda que a confusão pode ter sido premeditada, já que dias antes George e esse homem, que são apontados como amigos, tiveram um desentendimento em um outro evento na cidade.

Segundo a delegada Cláudia Abbud, titular da 107ª DP (Paraíba do Sul), responsável pelas investigações, até o momento, sete testemunhas já foram ouvidas e as diligências estão em andamento. O caso segue sob sigilo.

De acordo com a Polícia Civil, o autor dos disparos que mataram George Rodrigo e Robert Diniz foi identificado. Diligências estão em andamento para localizá-lo.

A Polícia Militar informou que agentes do 38º BPM foram acionados para verificar a ocorrência e, no local, encontraram pessoas mortas e feridas. Apesar das buscas, não houve prisões.

O caso foi registrado na 107ª DP (Paraíba do Sul). Ainda não há informações sobre o sepultamento das vítimas.

O Dia*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *