Área de carga e descarga do Mercado Municipal de Campos interditada neste domingo para obras - Tribuna NF

Área de carga e descarga do Mercado Municipal de Campos interditada neste domingo para obras

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

Devido à necessidade de realização de obras de reurbanização para reordenamento do trânsito e otimização do espaço junto à Praça de Alimentação do Novo Shopping Popular Michel Haddad, a Prefeitura interditará a partir deste domingo (20), a área de carga e descarga do Mercado Municipal.

Também não será permitido estacionar no entorno e nos fundos do Shopping Popular durante as obras, nem fazer carga e descarga de veículos na Avenida José Alves de Azevedo e, também, no início da Avenida Hélion Póvoa, como forma de evitar transtornos no trânsito.

Toda estratégia para minimizar o impacto das obras para os permissionários, bem como para motoristas e pedestres que frequentam o local, foram discutidas e definidas nesta sexta-feira (18), no próprio local, entre gestores de diversos órgãos municipais e representantes dos usuários.

Participaram da reunião de trabalho, equipes do Mercado Municipal; da Secretaria de Obras e Infraestrutura; da Companhia de Desenvolvimento do Município de Campos (codemca); Secretaria de Ordem Pública; Guarda Civil Municipal; Departamento de Posturas e Instituto Municipal de Trânsito e Transportes (IMTT).

O Secretário de Obras e Infraestrutura, Jorge Wílliam Cabral, explica que técnicos da Secretaria apresentaram o mapa do projeto, para facilitar o entendimento de todos. “A realização da obra é necessária para reurbanizar a área e otimizar o espaço que vai abrigar os permissionários que atuam na região, entre o Mercado Municipal e a Rua João Pessoa. O projeto foi concebido num entendimento entre os diversos órgãos, porque envolve a questão da mobilidade, ordenamento do trânsito, movimentação de cargas, estacionamento e, ainda, os permissionários que vão atuar na praça de alimentação que estará vinculada ao novo Shopping Popular Michel Haddad”, detalha Jorge Wílliam Cabral.

O Supervisor do Mercado Municipal, Eliezer Azevedo, esclarece que “para não prejudicar as atividades dos permissionários durante as obras, ficou acordado que os permissionários serão realocados, provisoriamente, da mesma forma que as atividades do pessoal que trabalha com carga e descarga, do outro lado do Parque Alberto Sampaio”, informa Eliezer.

O vice-presidente do IMTT, Davi Alcântara, destaca que ficou definida a participação de agentes do Grupamento de Trânsito da Guarda Civil Municipal para ordenar o trânsito durante as intervenções no entorno do Mercado Municipal. “O ponto de ônibus em frente à área de carga e descarga, será deslocado com o novo ordenamento do espaço para cerca de 50 metros adiante. Neste ponto, a Avenida José Alves de Azevedo é mais larga, proporcionando mais celeridade no tráfego e maior segurança para os passageiros”, pontua Davi Alcântara.

Secom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *