16/06/2024
Política

Aposta de candidatos em propaganda política via Facebook ainda não engrenou

Uma semana desde o início da campanha eleitoral, ainda não engregou entre os candidatos o uso das redes sociais comandadas pelo Facebook. Segundo dados do TSE, a empresa – que comanda o próprio Facebook e o Instagram – recebeu pouco mais de R$ 700 mil de 165 candidatos diferentes nos últimos dias.

O valor a deixa “apenas” em 12º lugar no ranking dos maiores fornecedores destas eleições. Quem mais apostou na plataforma em sua campanha até aqui foi Guerino Zanon, candidato ao governo do ES.

Por regras definidas pelo Facebook, a divulgação de propaganda política é liberada, estando condicionada ao preenchimento de diversos requisitos. Os anúncios devem ter, por exemplo, um aviso legal com o nome do candidato e a entidade que pagou por eles.

Fonte: Blog do Ancelmo Gois, O Globo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *