16/06/2024
Região

Após denúncia, mais de 200 kg de carne imprópria ao consumo vão para o lixo em hospital no ES

Após denúncia, cerca de 227 quilos de carne foram descartados no Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Piúma, no Litoral Sul do Espírito Santo, na manhã desta quinta-feira (3). Segundo a prefeitura, os alimentos foram inutilizados após orientações da Vigilância Sanitária Estadual.

Um vídeo mostra homens retirando de uma caçamba vários sacos de carne congelada e despejando o material em um caminhão de lixo.

À reportagem da Rede Gazeta, o presidente da Câmara de Vereadores, José Carlos Araújo (PSDB), disse que a inspeção da vigilância aconteceu após uma denúncia dele ao órgão.

“Havia irregularidades no armazenamento das carnes, como a falta de identificações e algumas guardadas nos freezeres em caixas de papelão. No mês passado comuniquei à vigilância sobre o aparecimento de baratas na cozinha após uma dedetização feita de forma irregular”, disse.

O vereador, que é técnico em enfermagem da unidade, disse ainda que pretende protocolar nesta sexta-feira (4) o pedido de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar denúncias relacionadas ao caso no hospital.

O que diz a prefeitura

Por telefone, a assessoria de comunicação do município, responsável pelo hospital, informou à reportagem que o material foi descartado e a área da cozinha isolada por conta de irregularidades encontradas pela Vigilância Sanitária Estadual, mas não explicou quais foram os problemas identificados no local.

Por nota, a Secretaria de Saúde de Piúma comunicou que está seguindo e executando todas as orientações da Vigilância Sanitária Estadual com relação às adequações necessárias para o bom funcionamento da cozinha do Hospital Nossa Senhora da Conceição.

“Este trabalho vem sendo executado com transparência e responsabilidade, dentro das normas e legislações vigentes.

Na manhã desta quinta-feira (3), foram descartados cerca de duzentos e vinte sete quilos de carne. O descarte foi feito corretamente, seguindo a orientação da Vigilância Sanitária que acompanhou o ato. Tal ação foi necessária devido às ações realizadas para isolamento da área da cozinha”, disse a pasta em nota.

Secretaria Estadual de Saúde

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) disse, por meio da ação da Vigilância Sanitária da Superintendência Regional Sul de Saúde de Cachoeiro de Itapemirim, que autuou o hospital de Piúma com auto de infração e termo de inutilização da carne nesta quinta-feira (3).

“A ação, em atendimento a uma denúncia, ocorreu em virtude de uma série de fatores que contrariam as boas práticas de armazenagem e fabricação de alimentos”, explicou a secretaria.

A Sesa esclareceu ainda que as carnes contidas no freezer foram consideradas impróprias, seguindo as recomendações das normativas vigentes.

Fonte: G1/ES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *