Sucessão em SFI: Pedrinho Cherene fora por decisão da justiça

O ex-prefeito de São Francisco de Itabapoana, Pedro Jorge Cherene Junior, o Pedrinho Cherene, sofreu mais uma derrota na Justiça Estadual, quando tentava anular o julgamento da Câmara Municipal que rejeitou suas contas.

“…Na forma do artigo 300 do Novo Código de Processo Civil, indefiro, em sede de cognição sumária, o pedido de tutela de urgência, à míngua de plausibilidade da tese invocada.

Com efeito, transparecem acertadamente rechaçadas, pelo próprio Tribunal de Contas do Estado, ao julgar embargos de declaração interpostos pelo autor, as alegações de vícios formais na preparação/realização da sessão de julgamento e no próprio julgado pelo qual emitido, em 10/04/18, parecer contrário à aprovação das contas de governo do Poder Executivo do Município de São Francisco de Itabapoana, referentes ao exercício de 2016, de responsabilidade do então Prefeito, ora demandante (fls. 41 e ss. e 487 e ss.).”

O certo é que a sucessão em SFI não tem surgido nomes capazes de enfrentar a atual prefeita Francimara, que vem fazendo um bom trabalho no município, e considerando que quando a mesma assumiu a prefeitura encontrou o município praticamente falido.

Pedrinho ainda tenta uma liminar no Tribunal de Justiça para concorrer sub judice no próximo ano. Por enquanto segue inelegível.

Confira a decisão sobre Pedrinho:

De sua opinião