13/07/2024
Política

TSE nega recurso de Garotinho no caso Chequinho; ex-governador vai recorrer ao STF

Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve a condenação do ex-governador do Rio Anthony Garotinho por suposto uso do programa Cheque Cidadão nas eleições municipais de 2026.

Os ministros analisaram um recurso da defesa do ex-governador contra a decisão da Justiça Eleitoral pelos crimes de corrupção eleitoral, associação criminosa, supressão de documento público e coação no curso do processo.

Garotinho foi condenado inicialmente, na primeira instância, a 9 anos e 11 meses de prisão. O TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro) manteve a condenação e ampliou a pena para 13 anos e 9 meses.

Através das redes sociais, Garotinho informou que vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal:

“O nosso recurso contra a chequinho foi rejeitado no TSE. O relator praticamente leu as decisões anteriores sem levar nossa defesa para a apreciação dos demais julgadores. Continuamos confiantes. Agora vamos para o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL.”, disse o ex-governador.

Comente