Secretário de Educação de Campos ataca vereadores e professores que usam as redes sociais para questionar gastos do Fundeb

O secretário de Educação de Campos dos Goytacazes, Marcelo Machado Feres, resolveu partir para o ataque contra vereadores e professores que utilizam as redes sociais para questionar os gastos da verba  do Fundeb.

O secretário utilizou suas redes sociais para mostrar seu ‘currículo’ e inicia o texto dizendo que ‘começamos a verificar movimentos orquestrados em redes sociais e, também, na Câmara de Vereadores, com intuito de desqualificar um projeto sério de política pública de Educação que a secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) está desenvolvendo”.

O ataque de Feres acontece no mesmo dia da sessão na Câmara onde vereadores questionaram os gastos da secretaria de Educação. O mais incisivo foi o vereador Maicon Cruz, que utilizou a tribuna e disse que “Marcelo Feres está zombando com a cara da população campista. É uma farra com o dinheiro público”. Confira o vídeo:

Outro ponto que o secretário de Educação não sabe, até por morar em Brasília, é que desde as grandes manifestações de 2013 a 2015 dos professores municipais de Campos, foi criado pelo servidores um forte grupo nas redes sociais, onde eles também fazem cobranças e questionamentos sobre os gastos do Fundeb.

Manifestação dos professores em 2015, em Campos

A propósito, é mais um questionamento que os vereadores e servidores devem fazer sobre o secretário. Já que ele mora em Brasília, quantos dias ele esteve presente em Campos, uma vez que recebe DAS 1, com dedicação exclusiva, e se as passagens e diárias para ir e voltar são pagas com salário dele ou através de outra fonte.

Segue o texto do secretário:

 

Comente

%d blogueiros gostam disto: