Acusado de desvios na Saúde do Rio, ex-subsecretário negocia delação premiada

Lembra-se de Gabriell Neves, o ex-subsecretário de Saúde do governo Witzel que teve o nome envolvido em diversas denúncias de desvio de verba da Saúde do Rio?

Pois o investigado está alinhando uma robusta delação premiada com o MPF, motivado pela soltura de pastor Everaldo. Não custa lembrar que Neves pertencia ao grupo político de Everaldo.

Neves chegou a ser preso em maio de 2020, diante das suspeitas de irregularidades em contratos da Saúde estadual no combate a Covid-19. Ele foi solto após ordem do STJ, em setembro.

A informação é do blog de Ancelmo Gois, O Globo.

Comente

%d blogueiros gostam disto: