O movimento no STJ para a análise da denúncia contra Witzel

No Superior Tribunal de Justiça, é grande a movimentação para que a denúncia contra Wilson Witzel seja analisada logo na volta do recesso, no dia 11 de fevereiro, informa o Radar, da Veja.

A ideia é destravar o processo de impeachment que corre no Tribunal Misto, paralisado desde que o ministro Alexandre de Moraes, do STF, cancelou o depoimento do governador afastado até que a delação do ex-secretário de Saúde se torne pública — o que só ocorrerá após o recebimento da denúncia.

Instagram Tribuna NF

Comente

%d blogueiros gostam disto: