A delação que inclui a JBS e os desvios de Sérgio Cabral

Um representante da JBS, a empresa de alimentos que distribuiu propina a mais de mil políticos, negocia uma espécie de delação premiada com o Estado do Rio. É que Sérgio Cabral confessou, em delação à PF, ter recebido R$ 30 milhões da empresa, informa Ancelmo Gois, O Globo.

Comente

%d blogueiros gostam disto: