Alerj decide soltar deputados presos pela Lava Jato; Bruno Dauaire segue voto de Bacellar pela soltura

Por 39 votos a 25, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) acaba de determinar a soltura de cinco deputados que estão presos pela Lava Jato.

Serão soltos: André Correa (DEM), Chiquinho da Mangueira (PSC), Luiz Martins (PDT), Marcus Vinicius Neskau (PTB) e Marcos Abrahão (Avante).

De Campos dos Goytacazes, o deputado Bruno Dauaire, líder do PSC, seguiu o voto de Rodrigo Bacellar pela soltura dos deputados. Gil Vianna e João Peixoto também votaram pela soltura.

Comente

%d blogueiros gostam disto: