Urgente: Ex-secretário de Obras diz que Eduardo Paes embolsou 1,75% em obra de R$ 600 milhões da Odebrecht

O engenheiro Alexandre Pinto, ex-secretário de Obras da Prefeitura do Rio, revelou que Eduardo Paes embolsou propina da Odebrecht na obra do Corredor Transoeste do BRT.

Ele acaba de depor ao juiz Marcelo Bretas, na ação penal da Operação Mão de Obra, desdobramento da Lava Jato.

A licitação foi direcionada para o consórcio liderado pela Odebrecht. “Eduardo Paes disse: ‘a obra da Transoeste será da  Odebrecht’”, afirmou Pinto.

Segundo o ex-secretário, Paes recebeu 1,75% de um contrato de R$ 600 milhões. O Tribunal de Contas do Município ficou com 1%.

Paes é líder nas pesquisas de intenção de voto para o governo do Rio.

Fonte: O Antagonista

De sua opinião