TRE barra liminar de Eduardo Paes

Acostumado a ser o rei do tapetão, o candidato a governador Eduardo da Costa Paes acaba de perder uma liminar em que questionava a propaganda eleitoral do candidato Wilson Witzel, ex-juiz federal.

A pretensão de Eduardo Paes, segundo o Tribunal Regional Eleitoral, não tem qualquer amparo legal.

 Eduardo Paes desejava que retirasse da propaganda do candidato Wilson, que o derrotou de forma fragorosa no primeiro turno, que o mesmo não mencionasse que foi juiz federal.

Seria como proibir dizer que Eduardo Paes foi prefeito do Rio de Janeiro.

Qual a dúvida de que o candidato Wilson Witzel foi juiz federal?

Mais complicado ainda é alguém acreditar que o TRE do Rio iria vedar essa propaganda.

Eduardo Paes sempre encontrou no Rio muita facilidade, mas parece que o jogo endureceu.

A desidratação de sua candidatura no primeiro turno conseguiu levar o desanimo a sua militância.

Vamos aguardar as próximas pesquisas para conferir com a urna no segundo turno.

Segue a decisão do TRE:

De sua opinião