Suspenso, Jones afirma: ‘Não preciso do cinturão para saber que sou o campeão’

in their UFC welterweight championship bout during the UFC 214 event at Honda Center on July 29, 2017 in Anaheim, California.

Sem lutar desde julho do ano passado, quando enfrentou Daniel Cormier no UFC 214, Jon Jones, desde então, se mantém afastado do MMA. Na ocasião, o americano derrotou seu rival por nocaute técnico no terceiro round e reconquistou o cinturão meio-pesado, no entanto, após ser flagrado em um teste antidoping realizado pela USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos), teve sua vitória transformada em “No Contest” (sem resultado) e teve o seu título retirado pelo Ultimate.

Sem lutar há dez meses e suspenso provisoriamente pelo órgão, Jon Jones não se encontra com o cinturão e nem está no ranking meio-pesado do UFC, no entanto, tem dentro de si que ainda é o campeão da categoria na organização. Foi o que o próprio lutador deu a entender na última quarta-feira (30), ao responder no Twitter a mensagem de um seguidor.

“Jon Jones, o cinturão será sempre seu, mano!”, disse o fã do lutador.

“Obrigado, irmão, sim, eu sei que não preciso ter aquele cinturão para ser o campeão. Certeza que os cinco melhores (da categoria) também sabem disso”, respondeu “Bones”.

Logo em seguida, em resposta ao seu próprio “tweet”, que logo depois foi deletado, Jones seguiu falando sobre o caso, ressaltando que “sente em seu coração” que ainda é o “rei” da categoria dos meio-pesados.

“Não preciso do cinturão comigo ou mesmo estar no topo do ranking para saber que eu sou o campeão. É algo que sinto em meu coração. Eu sei o que eu fiz e sei o que irei fazer”, concluiu.

Fonte: Revista Tatame

De sua opinião