Suspeitos de participação na morte de casal são presos em operação em Campos

Dois homens suspeitos de terem participação na morte de um casal no final de julho foram presos na manhã desta segunda-feira (1º) em uma operação em Campos dos Goytacazes. A filha do casal, de dois anos, estava no carro com os pais e foi baleada.

A operação aconteceu em Lagoa de Cima, próximo do local onde o crime aconteceu, e contou com a participação de policiais civis e militares de Campos e Quissamã.

De acordo com a Polícia Civil, um dos presos é suspeito de ser o intermediário do crime e o outro é suspeito de ter executado o casal e atirado na criança.

O suspeito de ser o mandante do crime já havia sido preso em agosto. Na ocasião, a Polícia Civil informou que o alvo do grupo não era o casal, e sim a irmã da mulher. Segundo a investigação, os criminosos acharam ela estava no carro com o casal e a criança.

Os presos foram encaminhados para a 134ª Delegacia Legal do Centro e posteriormente serão levados para a Cadeia Pública Dalton Crespo de Castro.

O crime

Os corpos de Josué Costa, de 23 anos, e Natália Oliveira, de 18, e a criança ferida foram encontrados em um carro na madrugada do dia 29 de julho na RJ-208, rodovia que liga a localidade de Lagoa de Cima, onde a família morava, ao Imbé.

Segundo familiares, o casal e a menina retornavam de uma festa julina na zona rural da cidade.

A menina foi encaminhada ao Hospital Ferreira Machado (HFM) com um ferimento a bala no rosto e teve alta médica no dia 8 de agosto.

De sua opinião