STF cassa liminar que mantinha Grasiella Magalhães como prefeita de Iguaba Grande

O Supremo Tribunal Federal cassou na noite desta quarta-feira (30) a liminar que mantinha Ana Grasiella Magalhães (PP) no cargo de prefeita de Iguaba Grande, na Região dos Lagos do Rio, desde o início do mandato. A decisão foi do relator, o ministro Ricardo Lewandowski, o mesmo que concedeu a liminar que mantinha Grasiella no poder.

O ministro negou um recurso extraordinário (de 2017) e cassou a liminar concedida pelo próprio STF em dezembro de 2016, que permitia a diplomação de Grasiella, contrariando a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que negou o registro de Grasiella no fim de novembro.

De sua opinião