PSOL oficializa candidatura de Tarcísio Motta ao Governo do RJ

O PSOL confirmou nesta sexta-feira (20) o vereador Tarcísio Motta como candidato do partido ao governo do estado do Rio. A candidata a vice-governadora na chapa é Ivanete Silva. O evento ocorreu em um hotel na Cinelândia, região central da capital, quando também foi anunciada a candidatura de Chico Alencar para o Senado.

A entrevista coletiva foi concedida diante de uma bandeira do partido e ao lado de um cartaz da vereadora Marielle Franco, assassinada durante o mandato.

Motta já havia se candidatado ao posto em 2014, quando foi o quinto mais votado com mais de 700 mil votos, cerca de 9% dos válidos.

“A essa altura, há quatro anos, oscilavamos entre 1% é 2% (de intenção de voto) e tivemos um crescimento gigante. A última pesquisa mostra que 22% não conheciam nossa candidatura. Temos uma estrada enorme a percorrer”, afirmou o candidato do PSOL ao Palácio Guanabara.

O que disse o candidato

Segundo Tarcísio, o Rio de Janeiro vive uma das maiores crises da história. “A culpa é de uma máfia violenta e corrupta que precisa ser derrotada nessas eleições. Essa crise e o estado do Rio têm jeito, mas não é o jeito deles. Precisamos mudar a forma e o conteúdo. Não queremos mudar só quem governa, mas como governa”.

De manhã, o PSOL aprovou a coligação com o PCB. A sigla aguarda agora que o Partido Comunista Brasileiro referende a decisão, à tarde.

Motta afirmou ainda que há semelhanças programáticas com o PT e com o PC do B, mas que não houve consenso para um acordo. O parlamentar e candidato ainda defendeu que a aliança não deve ser feita por mais tempo de TV.

G1*

De sua opinião