Procurador Geral de Campos reclama de precatórios

Opinião:

O procurador geral da prefeitura de Campos dos Goytacazes concedeu entrevista ao jornal oficial do governo Rafael Diniz reclamando dos valores a serem pagos de precatórios.

Quem conhece minimamente a administração pública sabe que o dinheiro da prefeitura é para gastar com o povo e pagar os seus compromissos.

É bom o procurador ficar ainda mais atento aos débitos trabalhistas porque motoristas e cobradores de ônibus já estão entrando com ações contra a prefeitura na Justiça do Trabalho. Isso quer dizer que o estrago será ainda maior. É o comprometimento do futuro.

O procurador teria dito que foi ao Tribunal de Justiça pedir para modificar os pagamentos de precatórios procedentes da justiça do trabalho.

Se entendemos bem, ou o jornal escreveu errado ou o procurador entrou na porta errada. É que precatório da Justiça do Trabalho vai para o Tribunal Regional do Trabalho 1 nada tendo a ver com o TJ, que é a paixão desse governo.

O currículo do procurador não indica que ele tenha entrado na porta errada até porque ele fez estágio, quando estudou no Rio, na UERJ, em escritório próximo ao TRT.

Como o procurador é muito perfeccionista o jornal online Tribuna NF achou por bem esclarecer ao mesmo que estranhou a notícia principalmente porque ele vem se revelando como um profissional cosmopolita.

De sua opinião