Presidiários com suspeita de meningite internados na emergência do HFM causam pânico

Servidores do Hospital Ferreira Machado (HFM) denunciam a internação de forma inadequada de dois presidiários com suspeita de meningite bacteriana. A denúncia foi repassada para a presidente da Associação dos Servidores Públicos Municipais de Campos dos Goytacazes (Aspmcg), Elaine Leão, que utilizou sua página do Facebook para denunciar o caso. Segundo ela, estes pacientes deveriam estar no setor de isolamento da unidade hospitalar, mas não há vagas. Com isso, os presos estão sendo mantidos na emergência e demais pacientes, funcionários e acompanhantes estariam correndo riscos de também contrair a doença.

“Isso é muito grave o que está acontecendo. Esses pacientes nunca deveriam estar na emergência do hospital, mas estão por falta de vagas no isolamento. Eles estão na unidade hospitalar sem os devidos procedimentos e sem máscaras devidas. E por se tratarem de presidiários, os demais da mesma cela deveriam receber a profilaxia, um medicamento para evitar que outros presos contraiam a doença”, denunciou.

O portal aguarda um pronunciamento da Prefeitura.

Confira a denúncia:

De sua opinião