Prefeitura de Campos confirma duas mortes por H1N1 em 2019

A Prefeitura de Campos dos Goytacazes confirmou que duas pessoas morreram por H1N1 na cidade em 2019.

Segundo o Departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde, os dois óbitos tiveram confirmação laboratorial de H1N1.

Ainda de acordo com o órgão, as vítimas foram uma mulher de 27 anos, de outro município, e um menino de seis anos com outra doença prévia e que estava internado em um hospital particular.

Vacinação

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) prorrogou o prazo de vacinação contra a gripe nos 92 municípios fluminenses para o dia 15 de junho.

A medida foi adotada porque o estado não atingiu a meta estabelecida de vacinar 90% da população. Inicialmente, a campanha tinha o prazo de 31 deste mês para terminar.

No Estado do Rio, desde a abertura da campanha, que aconteceu no dia 10 de abril, foram imunizados 2,6 milhões de pessoas, o que corresponde a 54,5% de cobertura. A expectativa da Secretaria de Estado de Saúde é vacinar 4,9 milhões de pessoas.

A Superintendência de Vigilância Epidemiológica da SES informa que foram notificados, em 2019, 77 casos, com 18 óbitos. Em 2018, foram notificados 233 casos de influenza, com 30 óbitos.

Quem deve tomar a vacina

Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), idosos, gestantes e mães com até 45 dias após o parto. A vacina está disponível a jovens de 12 a 21 anos de idade sob medida socioeducativa e população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais, independentemente da idade.

De sua opinião