PF prende primeiro empresário por locaute

Rio Grande do Sul – A primeira prisão por locaute (boicote empresarial) por causa da paralisação dos caminhoneiros ocorreu nesta quinta-feira, no Rio Grande do Sul. Segundo o jornal gaúcho “Zero Hora”, a Polícia Federal prendeu um empresário da área de transportes que teria ajudado a organizar a greve dos motoristas.

De acordo com a agência “Estadão Conteúdo”, o superintendente da PF no Rio Grande do Sul, Alexandre Isbarrola, disse que todos os mandados de busca e apreensão previstos para integrar o primeiro dia da Operação Unlocked já foram cumpridos.

Ele classificou a atuação dos agentes como “100% exitosa”. Isbarrola divulgou as informações durante coletiva de imprensa sobre a operação que investiga a prática de locaute em rodovias gaúchas.

Isbarrola disse, ainda, que as investigações da Operação Unlocked devem continuar em inquéritos instaurados em Porto Alegre ou no interior do Estado, a depender da origem das denúncias.

“Não estamos revelando números e não poderemos abrir mais informações para não prejudicar as investigações” que ainda estão em curso, justificou o superintendente.

Isbarrola enfatizou que a PF está alinhada com Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Polícia Civil e também a Brigada Militar para apurar relatos de bloqueio de cargas a mando de empresários.

O Dia

De sua opinião