O galo de Barbosa causa polêmica na rádio Difusora

Quando se imaginava que você tinha visto todos os precedentes do mega empresário radialista Barbosa Lemos, eis que surge uma novidade.

Os radialistas do baixo clero da rádio serão obrigados a comparecer a tesouraria da emissora, pagando R$ 50, caso mande abraço para político ou pré-candidato.

A tarifa pode ainda aumentar se o elogio ultrapassar o abraço, sempre a ser aferido pelo diretor da rádio.

Não se inclui nessa lista de radialistas os irmãos de Barbosa, Chico e Reinaldo, bem como a cunhada Vaninha que representam o alto clero da rádio.

Elogios a deputados com mandatos. Nem pensar.

Todos estarão sujeitos a pagar o galeto de R$ 50 pelo atrevimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: