MP ajuíza ação contra Pezão por improbidade administrativa nas obras de reforma do Maracanã

O Ministério Público do Rio de Janeiro ajuizou uma ação civil pública contra o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) por improbidade administrativa nas obras do Maracanã. De acordo com o Ministério Público, autor da denúncia, houve prejuízo de quase R$ 3 milhões aos cofres do estado na reforma do estádio.

A Ação Civil Pública foi ajuizada pelo Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (GAECC) e seus detalhes serão divulgados durante coletiva de imprensa às 11h30 desta segunda-feira (26).

Pezão já depôs à Justiça sobre suspeitas de irregularidades nas obras do Maracanã apontadas pela operação Calicute, que investigava um esquema fraudulento, comandado pelo ex-governador Sérgio Cabral, em grandes obras desenvolvidas no estado.

Ao prestar depoimento ao juiz Marcelo Bretas, Pezão negou saber de qualquer esquema durante o governo Sérgio Cabral.

Em um depoimento à Justiça Federal no âmbito da Operação Lava Jato, Sérgio Cabral chegou a afirmar que Pezão, seu sucessor, tinha autonomia para tocar as obras do Maracanã.

G1*

De sua opinião