Liminar do TRE suspende parte da propaganda de Eduardo Paes que pode ficar sem espaço na reta final

A liminar concedida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio no início da tare desta quarta-feira (17) em decisão atendendo o requerimento do candidato ao governo do Estado do Rio Wilson Witzel, determina a suspensão de parte da propaganda eleitoral na televisão do candidato Eduardo Paes, em razão de manifesto reconhecimento de fake news.

Se concedido o direito de resposta, no julgamento final da representação, o candidato do DEM/PMDB poderá perder seu tempo de televisão na reta final do segundo turno.

Depois da divulgação dos primeiros números sobre a intenção de votos do segundo turno não resta qualquer dúvida sobre a desidratação da candidatura de Paes.

A demora na publicação da pesquisa do Ibope e Datafolha era sinal de que o candidato preferido da família Marinho e suas empresas já tinha afundado o barco.

Esse período sem pesquisa é aquele sinal que é dado para o desembarque.

*Paraná Pesquisas: Ex-juiz Wilson Witzel tem 67,8% dos votos válidos para o governo do Rio

Segue abaixo a decisão:

De sua opinião