Irritado com Galvão Bueno, Felipão recusa convite da Globo para participar de programa

São Paulo – Luiz Felipe Scolari, técnico do Palmeiras, continua trocando faíscas com a Rede Globo. O líder do Campeonato Brasileiro recusou o convite para participar do programa “Bem, Amigos!”, apresentado todas às segundas, no SporTV, por Galvão Bueno.

O convite foi feito no mês passado e recusado de imediato. O próprio narrador se ofereceu de entrar na negociação pessoalmente, mas não houve acerto. O SporTV não se manisfestou sobre o assunto, enquanto a assessoria de Felipão negou ter recebido qualquer proposta e informou que o treinador não dará entrevistas exclusivas até o fim do ano. As informações são do site UOL.

Em meio a tantas controvérsias, a TV Globo anunciou pelas redes sociais, na última quinta-feira, uma entrevista do técnico no programa Globo Esporte, nesta sexta.

Recentemente, Felipão teve novos embates com a emissora. Na última semana, ele impediu uma entrevista do repórter Marco Aurélio Souza com o atacante Deyverson, após a partida contra o Santos no Allianz Parque, e chegou ao mandar o jornalista ‘ao inferno’. O treinador foi criticado por Galvão justamente no programa ‘Bem, Amigos!’, da última segunda-feira.

Além disso, o técnico ficou incomodado com o vazamento da escalação do Palmeiras nos dois confrontos contra o Boca Juniors na semifinal da Libertadores. Na ocasião, o diretor executivo de futebol, Alexandre Mattos, teve que se meter e ligar para o repórter André Hernan, da Globo, responsável pela informação.

Felipão não fala com a emissora desde o memorável 7 a 1, na Copa do Mundo de 2014, entre Brasil e Alemanha, quando recebeu muitas críticas de Galvão Bueno. Em maio, o treinador deu uma entrevista ao jornalista André Henning, dos canais Esporte Interativo, criticou o narrador:

“Teve um colega teu, de TV, que passou dez minutos depois do jogo apontando pra mim. Hoje eu não falo para esse senhor, no caso, o Galvão Bueno. Enquanto ele achar que é o todo poderoso, um deus, e que pode fazer aquilo que fez comigo, me jogando contra a torcida… Eu fico aqui. Cada um na sua. Eu não devo nada, cada um faz o seu trabalho e segue sua vida.”

De sua opinião