Funcionários do Superbom denunciam suposta exploração de trabalho e apelam para a Justiça

Uma suposta funcionária do supermercado Superbom, identificada como Carla Gomes, utilizou a rede social facebook para denunciar uma suposta exploração do grupo Barcelos & Cia.

Em nome dos funcionários, Carla Gomes descreve uma série de supostas irregularidades cometidas pelo Superbom.

A denúncia foi feita em grupo do facebook, onde já conta com dezenas de comentários, compartilhamento e curtidas.

Confira o link: https://www.facebook.com/groups/292027357572025?view=permalink&id=2011080082333402

“Boa tarde.

Somos funcionários do supermercado Superbom, e estamos aqui para fazer um apelo, a algum fiscal do ministério do trabalho, ou justiça do trabalho.

Não aguentamos mais tanta exploração, somos sugados até a última gota de sangue de tanto trabalhar, ganhamos pouco e trabalhamos muito, trabalhamos de segunda a segunda, com uma folga apenas, e quando trabalhamos no domingo fazemos uma carga horária de 6 horas, e ganhamos uma folga na semana de 8 horas, agora eles querem nos forçar a trabalhar 8 horas no domingo para ganhar uma folga na semana de 8 horas também, isso é exploração, estão nos escravizando, este mês não teremos folga depois do dia 16, iremos trabalhar até o fim do mês sem nenhuma folga, fora os desvios de funções que acontecem frequentemente, não temos comida nem um lanche de qualidade, temos que pagar 40 reais para ter direito a almoço, e ainda nos servem produto podres e que estão vencendo ou até já vencidos, somos humilhados moralmente por encarregados despreparados, ou até preparados para isso mesmo, pois não existe seres humanos na liderança, só cresce quem é ruim, e eles tem treinamento para isso, os operadores de caixa são obrigados a trabalharem em pé o tempo inteiro, sem água e com fome, fiscais de caixa são trancados numa sala e ameaçados, e ainda não recebem a quebra de caixa, não aguentamos mais.

Estamos avisando que os funcionários vão fazer greve no fim deste ano, queremos mudanças, somos nós que fazemos essa grande empresa andar.”

O jornal online Tribuna NF abre espaço para o grupo Superbom caso queira se pronunciar.

14 comentários em “Funcionários do Superbom denunciam suposta exploração de trabalho e apelam para a Justiça

  • 7 de dezembro de 2018 em 22:15
    Permalink

    Eu tambem trabalhei la e tudo verdade e uma esploraçao sai de la com uma hernia estomacal de tanto peso que pegava e fora o desvio de função

    Resposta
  • 6 de dezembro de 2018 em 22:30
    Permalink

    Já fui funcionária da rede daqui de São Fidelis trabalhei 45 dias,e quando fui demitida a minha supervisora me informou que era ordem do Rh de Campos.Isso não foi só pra mim não,Mas para vários outros funcionários que foram mandados embora junto comigo.Tirei nota Boa na tal avaliação e mesmo assim mandaram embora pq eu não puxei saco da minha encarregada.Super arrogante,e sem falar que a pensão dos meus filhos que era para eles terem depositado no 5 dia util até hoje eles não depositaram.Aqui em São Fidelis vivem mandando funcionários embora e contratando novos.Quem de a denúncia está de parabéns

    Resposta
  • 6 de dezembro de 2018 em 16:31
    Permalink

    Infelismente isso acontece a anos.
    Trabalhei la por 5 anos e sempre foi assim e eles dizem q estão dentro da lei trabalista e infelismente a lei proteje os empresarios.
    Quanto aos pontos q o amigo citou a cima. Pagamento em dia. Sim. Mais paga menos doque deveria. Plano de saúde ok. Mais vc tem q pagar mais de 100 reais so pra vc. Se tiver 2 filhos vc ñ consegue pagar plano pq são quase R$400 do seu salario so pra plano ai vc fica praticamente sem pagamento. Cesta basica se vc faltar um dia vc perde a sua cesta basica, os ostros 29 dias do mes q vc trabalhou vc ñ come né, absurdoooo. Encarregados super despreparados so benedicia quem eles vão com a cara, fora isso a pessoa ñ consegue nada.
    Gera muito emprego sim, concordo mais deveria olhar mais para os seres humanos q fazem essa maquina girar. Pagar um salario justo e da mais beneficios pros seus funcionários.

    Resposta
  • 6 de dezembro de 2018 em 14:45
    Permalink

    concordo a empresa não tem pessoas de liderança com qualificação para isso
    somos tratados com descaso e tds q ouxam o saco não precisam ir trabalhar la ou nem querem pra sentir na pele o que sentimos. Eu fui mandada embora pq não usava brincos por um aleria q ja não dava pra ver mh orelha, a encarregada mamdou eu comprar de ouro só que não ganhava pra isso e me mandoj embora

    Resposta
  • 6 de dezembro de 2018 em 13:42
    Permalink

    Parabenizo aos funcionários pela coragem de fazer justiça!! Mesmo correndo os riscos de serem demitidos… sabemos que nesse Brasil a corda sempre arrebenta p lado mais fraco!! Por isso é importante a união de todos os “prejudicados” para que se faça justiça.
    Lembre-se sempre que a união faz a força!
    Ñ adianta a minoria reclamar em prol de todos.

    Resposta
  • 6 de dezembro de 2018 em 12:38
    Permalink

    E eu que mandei o meu currículo várias x. E nem me deram chance de entrar. To desempregada até hj.

    Resposta
  • 6 de dezembro de 2018 em 12:17
    Permalink

    Eu também fui uma vítima do descaso da Barcelos fui sim explorada em varias função que não era minha sofri um acidente de trabalho onde na mesma empresa que esta sendo denunciada e a empresa não me socorreu fez descaso comigo porque foi fora da minha função que se eu perdi minha mao tive que operar me as pressas e eu não recebi nenhuma ajuda da empresa eu tive que me demitir por minha própria vontade pra não ter que sofrer mai humilhação por partes deles onde somos sim todos explorados e sim humilhados onde comemos comidas vencidas e pagamos lá na empresa por isso cheguei ao próprio ministro do trabalho denunciar essa tamanha covardia que sofremos lá na empresa por partes do seus donos que são exploradores

    Resposta
  • 6 de dezembro de 2018 em 05:27
    Permalink

    Eu que tenho a honra de fazer parte da empresa Barcelos (Superbom Supermercados), ao tomar conhecimento desta postagem infame, de tantas mentiras e calúnias, me traz instânteamente um sentimento misto de revolta e tristeza.
    Somente quem está convivendo a tempos na organização conhece o desprendimento e dedicação de seus empresarios e diretoria em construir não somente uma empresa de sucesso, mas sobretudo em equilibrio com o desenvolvimento humanos e profissional de seus colaboradores, bem como constante preocupação com o respeito e harmonia nas relações trabalhista, com total e registro legal e pagamentos pontuais de salários e seus encargos sociais.
    Todos sabem que o Grupo Barcelos é o maior empregador da região gerando milhares de postos de trabalho, mas é preciso ressaltar que que propicia a todos ótimas condições de trabalho, como alimentação completa de qualidade (PAT e nutricionistas), acompanhamento por um Serviço de Engenharia e Medicina no Trabalho de alto nível, treinamento e desenvolvimento profissional (inclusive convênios com escolas e universidades com subsídios e bolsas) plano de carreira com avaliação de desempenho, seguro de vida em grupo, acesso as planos de saúde médico odontológico com baixo custo, programa de mobilidade urbana e outros.
    Ao cumprir as cotas estabelecidas em lei, gera ainda centenas de empregos e oportunidades para jovens aprendizes e portadores de deficiência, sem falar nas contribuições tributárias aos poderes públicos constituídos.
    Por tudo isso, ao contrário da matéria divulgada e elaborada por algum inconsequente e irresponsável, com o nítido intetesse de denegrir a imagem da empresa, o Grupo Barcelos é e será sempre motivo de orgulho da população de Campos dos Goytacazes !

    Resposta
    • 6 de dezembro de 2018 em 12:02
      Permalink

      Vc deve se mais um puxa saco , tudo q essa funcionária diz e pura verdade

      Resposta
    • 6 de dezembro de 2018 em 13:56
      Permalink

      Já tive uma ex que trabalha lá. E sempre achei oque ela descreve … Inclusive obrigaram a pagar a caderneta antiga que estava anos atrasada ou a demitiria… Isso pode? Isso e uma no palheiro super bom

      Resposta
    • 6 de dezembro de 2018 em 17:52
      Permalink

      Muito bem…vai ganhar um aumento no salário, um tapinha nas costas e um quadro de “puxa saco do mês” ops… “Funcionário do mês”
      Kkkkk

      Resposta
    • 6 de dezembro de 2018 em 20:25
      Permalink

      Pelo vocabulário…deve ser algum advogado da empresa

      Resposta
  • 6 de dezembro de 2018 em 01:45
    Permalink

    Não precisa funcionarios denunciarem está empresa(Super bom) Porque qualquer um pode ver essa exploração. Realmente é um absurdo. Cadê agora as autoridades para multar essa empresa é fazer fiscalização rígida?Os funcionários trabalham em regime de escravidão!

    Resposta
  • 5 de dezembro de 2018 em 22:46
    Permalink

    a denúcia em si faz sentido..não é ato que a rede vai de vento em poupa…..igual a um furacão passando por cima de tudo e de todos…..

    Resposta

De sua opinião