Deputados aprovam relatório final da CPI dos Transportes e pedem o fim da Fetranspor

Deputado do PSOL, Eliomar Coelho, comemorou a aprovação do relatório final da CPI

O relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga as irregularidades da gestão pública no setor de transportes, foi aprovado, nesta quarta-feira (15), na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). O documento reforça um pedido feito pelo Ministério Público Estadual (MPE-RJ) pela extinção da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor).

Aprovado por unanimidade, o documento aponta para o indiciamento de gestores e colaboradores dos governos comandados por Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão. Além dos líderes do executivo fluminense nos últimos 16 anos, o relatório responsabiliza o ex-secretário da Casa Civil, Régis Fichtner, o ex-secretário de transportes, Júlio Lopes, e o atual secretário de transportes, Rodrigo Goulart, por irregularidades na prorrogação do contrato de concessão do transporte metroviário.

O documento recomenda também que o Ministério Público verifique indícios de envolvimento dos atuais e ex-gestores nos projetos de implementação do sistema de teleférico do Complexo do Alemão e no sumiço de documentos importantes para o cálculo da tarifa, conforme denúncia do Ministério Público Especial de Contas junto ao TCE.

A CPI determina também o fim imediato do limite de renda para o bilhete único intermunicipal e a implementação imediata das integrações de tarifas do Metrô, Barcas e Trens com os ônibus municipais e VLT da cidade do Rio de Janeiro, assim como a extinção da tarifa turística de R$ 20 do bonde de Santa Teresa.

“Este talvez seja o momento mais importante dos meus 30 anos de vida pública. Lutei muito em todos os meus mandatos para isso. Em 2013, no auge dos grandes protestos, tentei fazer a CPI na Câmara dos Vereadores. Mas sofremos um golpe. Agora, apesar das dificuldades, conseguimos. Enfrentamos a máfia e apontamos soluções, sempre pensando na população”, comemorou o presidente da CPI, deputado Eliomar Coelho (PSOL).

Além de sugerir que 28 projetos de lei relacionados ao setor de transportes e que tramitam na Alerj sejam colocados na pauta de votação, o documento também solicita a suspensão do processo licitatório do transporte rodoviário até que haja pronunciamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ) e do MPE, assim como a licitação do transporte aquaviário.

Ainda sobre o Metrô, a CPI recomenda que o Plano Diretor Metroviário e o Plano Diretor do Transporte Urbano (PDTU) seja priorizado e que a linha 3 do Metrô seja implementada, para atender as cidades de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí.

Fonte: G1

Um comentário em “Deputados aprovam relatório final da CPI dos Transportes e pedem o fim da Fetranspor

  • 15 de agosto de 2018 em 17:56
    Permalink

    Garotinho denunciou isso tudo. Depois dizem que ele briga.
    Briga nada. Combate à corrupção

    Resposta

De sua opinião