Delação de Rodolfo Mantuano deixa vereadores de Campos perdidos

O vereador Genásio, que pilotou a CPI da água no passado, e o próprio Magal que debatia muito sobre as cobranças feitas pela concessionária de serviços públicos de água e esgoto, Águas do Paraíba, vivem um verdadeiro silencio a respeito da delação premiada de Rodolfo Mantuano, ex-executivo da empresa, que foi um dos pilares que levou o ex-governador Sérgio Cabral ao encarceramento, em razão das delações feitas por ele e demais integrantes do grupo econômico que representa.

Genásio ganhou como premio a liderança do atual governo e não se vê qualquer movimentação na Câmara sobre o assunto.

Alguns desavisados tentam entregar a atribuição ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

A Câmara de Campos quando quer ouve depoimentos chama a imprensa e faz um verdadeiro carnaval, destruindo inclusive reputação de pessoas que sabem não ser criminosas, para fechar os olhos em um escândalo em que todos estão assistindo pela mídia nacional.

Cabe a Câmara colher as provas, inclusive explicar onde parou a CPI da Águas do Paraíba ou CPI da água.

O vereador em Campos ganha muito bem e ainda tem direito a merenda com caviar e não com suco de goiaba vencido, como servido na merenda escolar.

De sua opinião