Contas de Pedrinho Cherene são reprovadas pela Câmara de SFI; ex-prefeito fica inelegível por 8 anos

A Câmara de São Francisco de Itabapoana julgou nesta quinta-feira (27/12), em sessão extraordinária, a prestação de contas refente ao ano de 2016 do ex-prefeito Pedrinho Cherene (MDB). Por 10 votos a dois (um parlamentar não compareceu), os vereadores seguiram a recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e reprovaram as contas do político. Com a reprovação, Pedrinho Cherene fica inelegível por oito anos. O ex-prefeito era cotado como possível candidato ao mesmo cargo no pleito de 2020.

Votaram para reprovar as contas de Pedrinho: Maxsuel Cocoia, Luciano Coutinho, Leandro Babão, Raliston Souza, Marquinho de Santo Amaro, Pintinho, Jarédio Azevedo, Eleno, Bebeto Ramos e Caboclo. Votaram pela aprovação das contas do ex-prefeito: Renato de Buena e Zé Cherene.

O resultado da votação da Câmara sobre as contas de Pedrinho Cherene mostra a força da prefeita Francimara (PSB) junto ao Legislativo. Ela conta com apoio de 11 dos 13 vereadores da Casa.

Pedrinho fica inelegível até 2026.

De sua opinião