Cadê os eleitores de Cabral?

Muitos apoiadores do ex-governador Sérgio Cabral tem se manifestado no pleito para o governo do Estado.

Na maioria dos “apoiadores” tem as mesmas razões ($) do passado. Como diz o poeta “nada mudou”. Eles têm uma coisa em comum. Firmaram uma cruzada contra a candidatura de Garotinho. Apostam no tapetão. Tem medo das urnas.

Ainda desenvolvem aquela formula de cooptação do passado. Cabral continua vivo mais do que nunca.

Evidentemente que ele não está urinando onde ele dizia que iria urinar. Mas ele, Cabral, tem muitos amigos a ponto de já ter uma onda de que os apoiadores de Garotinho vão ter que usar capuz, com medo de retaliações daqueles amigos de Cabral.

O problema de Cabral é que embora em Bangu 8, é bastante temido pelo que ele tem para dizer.

O silencio vale qualquer sacrifício para quem, até agora, está de fora desse mar de lamas que mergulhou os estado do Rio de Janeiro.

Se por um lado Cabral tem seu silencio, Garotinho é muito mais punido pelo que diz do que pelo faz.

De sua opinião