Rafael Diniz vai gastar R$ 1,8 milhão com ponto eletrônico para controlar frequência dos Professores

Conforme publicado aqui no blog, o prefeito de Campos dos Goytacazes Rafael Diniz contratou uma empresa para prestação de serviços de controle de efetividade funcional dos servidores públicos do município. De acordo com o Pregão, a estimativa do contrato foi de R$ 4 milhões, podendo ser maior com futuros aditivos (Rafael Diniz deve gastar mais de R$ 4 milhões com ponto eletrônico dos servidores).

No Diário Oficial desta quinta-feira (14), o governo municipal publicou os extratos de contratos do referido Pregão. Rafael Diniz fatiou o contrato e cada secretaria vai pagar a fatura do seu ponto eletrônico.

O blog vai publicar separadamente por secretaria.

O primeiro extrato de contrato é o da secretaria de Educação, assinado por Brand Arenari.

Segundo o extrato de contrato, o ponto eletrônico para controlar a frequências dos servidores da educação vai custar aos cofres da secretaria R$ 1.861.200,00 (um milhão, oitocentos e sessenta e um mil e duzentos reais).

Confira:

Um comentário em “Rafael Diniz vai gastar R$ 1,8 milhão com ponto eletrônico para controlar frequência dos Professores

Comente