Ex-secretário de Cabral foi preso com R$ 10 milhões em sua conta-corrente

Quando foi preso no dia 15 pela Lava-Jato fluminense, Régis Fitchner, o ex-chefe da Casa Civil de Sérgio Cabral, tinha R$ 10 milhões em sua conta-corrente. Vale repetir, R$ 10 milhões depositados em sua conta-corrente.

O juiz Marcelo Bretas bloqueou todo o dinheiro.

Fonte: Blog do Lauro Jardim, O Globo.

Comente

%d blogueiros gostam disto: