Empresa Brasil nadando de braçada no governo Rafael Diniz

O caos no transporte coletivo de Campos revela como beneficiária direta a empresa viação Brasil LTDA, que está nadando de braçadas no governo Rafael Diniz.

A resposta é simples: a tarifa Santo Eduardo x Campos, pela viação Brasil, que faz cessão no referido distrito é de R$ 14.

A Brasil só consegue operar a partir do instante em que a empresa São João abandonou as linhas e agora a outra empresa que veio de fora fez o mesmo; não dá para empresa alguma operar com a tarifa de R$2,75 de Santo Eduardo a Campos e vice-versa, assim como é impraticável aquela de R$ 14 da viação Brasil que é o transporte intermunicipal.

Quando Rafael Diniz e o IMTT abandona o atendimento pelo município, pela manifesta desídia administrativa, abre as portas para que o povo de Santo Eduardo, Santa Maria, Morro do Coco, Conselheiro e etc., passe a pagar uma tarifa que inviabiliza a própria liberdade de locomoção.

Quem trabalha na cidade e mora em Santo Eduardo tem que dispor de R$ 28 por dia só para a empresa Brasil.

Não existe dúvida de que a administração Rafael Diniz está favorecendo a viação Brasil ao abandonar a população com o transporte municipal.

A quem pertence à viação Brasil?

Agora cabe aos deputados estaduais da região procurar o governador e o Detro para decotar a tarifa da Brasil de Campos a Santo Eduardo, com o propósito de evitar que a população continue sendo vítima de Rafael Diniz, Quintanilha e da viação Brasil.

Até agora nenhum deputado estadual se manifestou para resolver o problema. Até porque eles só sabiam fazer aquelas coisas… Deixa pra lá.

Comente