Aije de Bruno Dauaire e Wladimir Garotinho no MPF

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) que investiga suposta compra de votos envolvendo os deputados Wladimir Garotinho (federal) e Bruno Dauaire (estadual) chegou a Procuradoria Regional Eleitoral no dia 01/4.

O Diretório Estadual do PSOL (Partido Socialismo e Liberdade/RJ), e a Coligação Mudar é Possível (PSOL-PCB), propuseram a ação denunciando uma suposta compra de votos sob o valor R$ 50 e outros supostos graves crimes.

O Ministério Público Federal, através do Procurador Sidney Madruga, pode opinar pela improcedência da ação ou pelo prosseguimento com possibilidade requisitar novas provas solicitando o compartilhamento da investigação “Verde Oliva”.

 

De sua opinião