A ‘estreia’ do novo advogado de Cabral e a possível delação

O ex-governador Sérgio Cabral (MDB-RJ) pediu para prestar um novo depoimento ao juiz Marcelo Bretas na ação penal do caso conhecido como Fatura Exposta, que apura desvios no setor da saúde.

A petição foi protocolada em 22 de janeiro por seu novo advogado, Márcio Delambert, e ainda não teve resposta de Bretas. Um dos argumentos é que o Ministério Público Federal apresentou novas provas e que o operador financeiro Carlos Miranda prestou depoimento como delator. Por isso, diz a defesa, Cabral precisa ter nova chance de prestar esclarecimentos.

O pedido foi entendido como mais um gesto de Cabral rumo a uma delação premiada. Parte da estratégia, avaliam fontes que acompanham o caso, deve ser pedir uma diminuição da pena diretamente ao juiz Marcelo Bretas sob o argumento de que colaborou com a investigação.

A tese da delação também ganha força porque Delambert também é advogado dos doleiros-delatores Juca Bala e Tony, que entregaram operações financeiras do esquema criminoso do ex-governador.

Fonte: Blog Politicando, O Globo.

De sua opinião